Psicoterapia de Apoio

Para uma intervenção breve, com o objectivo da superação da crise que está a viver.

Nesta abordagem psicoterapêutica, o foco é a crise actual que está a ser vivida pelo paciente, tendo como objectivo estabelecer tão rapidamente quanto possível, um funcionamento adequado e saudável.

No caso de uma Psicoterapia de Apoio, o trabalho psicoterapêutico incidirá sobre os padrões comportamentais, cognitivos, e emocionais que o paciente apresenta, ajudando-o a ganhar consciência destes, para que a mudança possa ocorrer.

A regularidade das sessões é estabelecida em acordo com o paciente, variando geralmente entre uma sessão por semana, ou quinzenalmente. Independentemente de este ter sido o processo psicoterapêutico inicial, poderá evoluir, caso o paciente assim o queira, para uma psicoterapia de carácter mais profundo.